FABIOLLA LOUREIRO


Para Fabiolla, a noite sempre foi fascinante. Mas quando chega a hora do crepúsculo, antes de virar aquele céu negro que parece engolir todos nós com sua escuridão e vivacidade, é a hora do despertar dela. Viva, cheia de ideias e pronta para explorar a vida noturna, seja ela um caos, ou um mar de tranquilidade. A ideia de azuis veio agora dessa última viagem que ela fez pela Europa, esse continente que é um vício desde que se conhece por gente. Por todos lugares que passou, havia esse crepúsculo azul royal, que é fascinante, hipnotiza, enfeitiça. Um azul que começa royal e vai para marinho, quase preto. Azul noite, azul índigo, azul melancólico, azul fogo fátuo, azul marinho, azul aristocrata. O azul que faz Fabiolla ser apaixonada pelo anoitecer e a impulsiona mundo afora.

Fabiolla Loureiro trabalha como fotógrafaz desde 2010. Primeiramente em estúdio com fotografias de nu, retratos e moda, acabou por descobrir nas suas viagens sua verdadeira paixão, a possibilidade de fotografar livremente o caos urbano, a noite, a cultura e a natureza. Seu lugar preferido no mundo é o continente europeu, onde sua paixão é voltada principalmente para Paris e leste Europeu. Estudou na Focus Fotografia e atualmente faz parte da exposição A Casa Francesa na Casa Portoro.

https://www.fabiollaloureiro.com/

  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon