Ju Pereira

Porto Alegre -BR

Em meu trabalho combino minha paixão por viajar e por fotografia com minha experiência profissional no campo da diversidade cultural, fazendo fotografias de pessoas e lugares diversos do nosso planeta. Especialmente imagens refletidas em espelhos, vitrines ou na água atraem minha atenção. Minha câmera tem sido a janela através da qual vejo e procuro influenciar o mundo à minha volta.

Por muitos anos venho experimentando com diversos materiais e formas de expressão artística, incluindo: litogravura, escultura em madeira, pintura em porcelana, trabalhos em couro, cerâmica, aquarela e, sim claro, fotografia que tem sido minha forma de expressão artística preferida.

Tenho me desenvolvido neste campo através da prática e de cursos de curta duração. Nos anos 90 estudei fotografia nos Países Baixos onde resido, com a fotógrafa americana Bonnie Josephson. Mais recentemente fiz tutorial com o fotógrafo holandês Robert Goddyn, e cursos de fotografia no Museu de Fotografia de Amsterdam (FOAM), e no Rijksmuseum de Amsterdam, onde estudei retratos baseados no trabalho dos pintores Rembrandt, Breitner e Vermeer e o curso “Seeing Through Photographs” do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MOMA).

Venho expondo meu trabalho fotográfico em alguns países da Europa: França, Grécia, Países Baixos e Polônia. Paralelamente a dois livros sobre o tema de cultura e liderança que escrevi em parceria com meu partner, publiquei cinco livros de fotografia disponíveis na Amazon e na Blurb:

- Garopaba Distorted (Miragens de Garopaba); Magic sea (Mar Mágico); Netherlands upside down (Holanda de Cabeça para Baixo); Oranje celebration. The Dutch Kings’ and Queen’s Day (Celebração Laranja. O dia  do Rei e da Rainha); e São Paulo Mirrors. Hidden beauty of a concrete jungle (Espelhos de São Paulo - Beleza Oculta de uma Selva de Concreto).

No momento preparo a participação em uma coletiva em Atenas, na Grécia e outra em Ponte de Lima, em Portugal. Estou trabalhando também em alguns novos livros, bem como numa série fotográfica a qual estou chamando ”Distúrbia”, e cuja algumas peças estarão sendo expostas no “Global Forum Action Learning” in Paris e na Andreus Galeria em junho de 2019.