Ron Geipel

Berlim - DE

Ron Geipel nasceu em 1975 em Berlim Ocidental e atualmente divide seu tempo entre Berlim e São Paulo. Desenvolveu suas habilidades e visão como fotógrafo nos anos 90, apresentando seus trabalhos em vários eventos usando projetores de slides modificados.  

 

Em 2002 se viu fascinado pelas novas possibilidades digitais que os computadores ofereciam, começoua se concentrar em imagens em movimento e filmes digitais. Nesse período, trabalhou em um estúdio de design de movimento para grandes marcas. Em 2014, retornou para a fotografia analógica. Atualmente está criando imagens sem efeitos digitais usando filme analógico, microrganismos e produtos químicos.

  

"Nas minhas fotos, mostro o fascinante mundo orgânico dos microrganismos e proporciono uma visão diferente da ideia ultrapassada de bactérias como apenas precursores de doenças.

 

Os microrganismos existem há mais tempo que a humanidade. Foi através do microrganismo e de outras formas de vida unicelulares que organismos complexos evoluíram e que, por sua vez, tornaram possíveis formas humanas de vida. O corpo humano hospeda mais bactérias do que as próprias células do corpo. As bactérias são incrivelmente adaptáveis ​​e geralmente vivem dentro de nós em harmonia. As bactérias também são capazes de viver nas condições mais extremas, desde as profundezas do mar até nascentes e gêiseres vulcânicos. E se a vida está presente no espaço, é mais provável que ela esteja em uma forma unicelular.

 

O mundo bacteriano é muito complexo e está longe de ser completamente compreendido. Mas, por algum motivo, as bactérias estão sempre associadas às noções negativas, na maioria das vezes como inimigos que precisam ser eliminados.

 

O uso excessivo e aleatório de antibióticos na medicina, na indústria e na agricultura, está gerando uma das ameaças mais urgentes para a humanidade. Deve haver uma maneira melhor de lidar com isso, que leve em conta a complexidade do mundo bacteriano.

 

                                                           ***               

 

O projeto “Made by Bacteria” mostra estruturas abstratas e complexas do mundo orgânico criadas por bactérias e outros materiais químicos e orgânicos.

 

O projeto “Photographs Modified by Bacteria” mostra a sinergia da fotografia analógica clássica em combinação com estruturas orgânicas feitas por microrganismos como bactérias.